Doze, treze … vinte … vinte e três – DEGUSTAÇÃO: PIMENTA

  Nos grilhões: bunduda, carapinha, carniça, carvão, cinzeiro, feijão, fumo-de-corda, meia noite, nega fedida, pixaim, saci e tição. Quando não faz na entrada, faz na saída. Depois da malditaprincesaisabel: cabelo de bombril, charuto de macumba, coisa-feia, exu, negrinho do pastoreio, pai-tomás, peste, sola de sapato e tiziu. Nego parado é suspeito. Nego correndo é ladrão.…

ELEONORA ou quando uma professora de matemática não tem o que fazer -DEGUSTAÇÃO: CASTANHAS

  Estou farta do logaritmo abandonado. Logaritmo mal compreendido. Logaritmo só para a prova. Greve de motoristas, não consigo ir para a escola. Kebom!! Não ponho o meu carro para rodar por nada deste mundo!!! Circunferência. Conjuntos numéricos. Potenciação e radiciação. Teorema de Thales: Duas pessoas, sendo uma delas eu, cortam-se, destrói até não sobrar…