FRAGMENTOS DO DISCURSO AMOROSO

INTERIOR – QUARTO – NOITE Somente se vê a MULHER (compleição atlética, músculos dos braços bem torneados, pernas muito grossas, não mais do que 30 anos) em posição de receber uma relação sexual por trás. Nua. Demostra estar excitada. Ouve-se de fundo, com letra e melodia, a canção: “Qualquer Coisa” de Caetano Veloso. Ela olha…

CIDÃO E QUITÉRIA

Quitéria fez a vida na esquina. Chegou ali grávida da primeira filha. Prenha de um tio que jurou que ela foi a tentação. Vendeu amendoim para os rapazes da construção. Carvão, grelha, espeto de bambu e carne de terceira. Vendendo, comprou o primeiro enxoval da segunda filha. Esta é do mestre-de-obras que jurou, mas não…

OLIVEIRA

— Perdeu, oldman!!! — anunciou a mocinha, bem mais nova que a neta mais velha, enquanto sentava no “lugar reservado para idosos” no ônibus. — Pai!!! Ela só está interessada no seu dinheiro!!! —- sentenciou a filha mais nova. Ele emitiu um sorriso e lembrou que teria que pedir outro empréstimo como fez no mês…

TOMATE E TONHÃO

  Antes da loja abrir e levar os chutes dos vigilantes de bom-dia “Então aquece, enlouquece E eu te digo meu amigo Que qualquer supermercado Vende sempre muito bem Oh boy oh boy oh boy oh boy” Rua pela manhã. Poucos transeuntes. Tonhão, deitado ao lado de Tomate, aprecia o céu e acaricia um dos…

Conto de Natal

Comojequenão! Que a paz e a compreensão reinem em nossos corações neste Natal e no Ano Novo que se aproxima. Boas Festas! Cair como ladrão de banco tudo bem…Como jequetripador vão judiar de mim. Nunca! Natal época de felicidade e tranqulidades Pensemos na paz e harminia dos povos. Pego? Ainda mais em dia de natal.…

Nem vem que não tem

  No ano de 1982   Vamos voltar à pilantragem!!!! Encaixo o soco. Empurro forte. Dou um braço e meio de distância do meu pai. Mostro os dentes, misto de sorriso com raiva. Jeito bom de se sofrer. Nem vem que não tem/ Nem vem de garfo/ Que hoje é dia de sopa. Ele vem…

Abigail

Ele a reviu somente na audiência. Abigail jurou que não precisava da pensão e não queria mais nada e nem ninguém.   Pela manhã, ele comprou o primeiro absorvente para a mais velha, cozinhou com o menino e explicou botânica para a mais nova. Na tarde: Jogou basquete com a mais nova, rezou com o…