17. Escalada

 Escalada

Julho.2013 – 19hs – A consciência do povo daqui é o medo do povo de lá. Tava tudo irado. Paulista cheia!! Gente para tudo que era lado. A Luiza Paula desceu do busão ainda na Rua da Consolação e andava fascinada. Brilhava de alegria. As pessoas vão ver que estão sendo roubadas! Vamos pra rua!! Mais felicidade e menos Feliciano! Onde está a minha avó. Luiza Paula contrariada aceitou encontrar a avó Luiza ali. Sim Luiza Paula era uma homenagem a avó e ao avô por parte de pai!! Ouve seu nome completo. Saco! Somente o pai, quando quer fazer gracinha, ou a mãe, para a bronca, que chamam pelo nome inteiro: Luiza Paula! Terceira vez: como nos filmes. Vê a avó Luiza.com mesmo sorriso franco, toda pequenina, magrinha e maquiadíssima! Doce como um pudim! Vólu estava com dois cartazes. Em um, com tintas azuis, Nasci em 1939, vi várias guerras e sobrevivi. Acreditem não é só por vinte centavos e outro, com tinta verde, Sai Dilma!! O povo é o dono do Brasil. Queridinha! Tudo bem? Disse com a amorosa voz rouca. Vólu, as cores são para combinar com seus olhos?

Julho.2013 – 21:30hsO preço da luz é um roubo! Ou para roubalheira ou paramos o Brasil. Milgraus. Avançaram tudo. Quebrou. Chutou. Tudo no chão. Minha avó sumiu! Aff. Está emputecida e não sabe por quê? Andam. Por que as pessoas estão correndo? Por que está correndo também? Cadê? Cadê a minha avó? Corre moçada!!!

Agosto.1970 – 19hs – O campeão dos campeões / Eternamente / Dentro dos nossos corações. / Discussão acalorada no ultimo quarto da pensão na Liberdade: Carlos afirma que o Comitê Central ordenou a ação. Kleber não que acreditar. Zé Humberto vem do banheiro e diz que foi o próprio Amazonas que determinou. Daniel ri e diz que não vai dar certo. Carlos relembra que será a única forma deles serem notados e aproveita de dá uma olhada no Zé só de toalha. Sonha! Kleber desalentado concorda. Zé pensa que um bom cativeiro poderá ser na Aclimação. Vai ficar fácil de cuidar. Daniel procura nos jornais uma foto do próximo alvo: O presidente do Corinthians, Wadih Helu. Carlos sorri e se emociona vendo o Zé vestir uma ceroula.

Agosto.1954 – 1:32hs – Mais uma vez as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e se desencadeiam sobre mim. Alcino está de campana há mais de uma hora. Instalou atrás de uma árvore, quase cinqüenta metros da entrada do prédio 180 da Rua Tonelero. Sabe que em breve o Corvo chegará. Seu Gregório pediu um tiro só na cabeça do traíra. O que faz uma menina com o uniforme do Sacré-Cœur nesta hora na rua?!?

Julho.2013 – 21:35hs Vermelho só no batom. Em um país de democracia 3 e vinte é tirania. Saimos do Facebook! Corre pela Haddock Lobo. Desce, tropeça, levanta e cai nos braços de dois guardinhas municipais. Não adianta debater! Solta!! Um aplica um mata-leão na menina e ficam no aguardo do reforço policial. Num estão pra brinks, meu!

Setembro.1970 – 03:34hs Ando meio desligado. Eu nem sinto meus pés no chão. Olho e não vejo nada. Carlos chora de medo. Foram presos. Um palmeirense linguarudo da pensão dedurou para a Federal. Foram pegos na feira da Bixiga comendo pastel de queijo. Apanharam em público e no privado. Kleber caiu primeiro, afogado. Daniel engoliu a língua. O Zé se matou. Todos depois de conversar com o temível torturador Darcy. Sujeito baixinho com voz rouca e sempre com um escuro óculos de soldador. Comandava com ferocidade os depoimentos. Fizeram de tudo com o Carlos, ele tudo disse que sabia e o que imaginava e o que desejava.

Agosto.1954 – 3:16hs – Nada mais vos posso dar a não ser o meu sangue. Chegam. Um homem desce e depois o Corvo e o filho do Corvo. Alcino prepara a mira e escuta um tiro. O Corvo e um menino entram correndo no prédio. O primeiro homem leva um certeiro no peito. Alcino constata que veio de outra árvore, há uns setenta metros!! Mão boa!!

Julho.2013 – 0:13hs Brasil, vamos acordar! Professor vale mais que um Neymar! Desculpas vó mãe pela preocupação. Estamos fazendo REVOLUÇÃO!! Agachada em um estacionamento na rua Augusta. Segura o choro. Um dos policiais grita o seu nome. Luiza Paula levanta a mão. Gritam para que ela acompanhe uma sargento. Meio abobada Luiza Paula vai até o meio do quarteirão e para. Vou não e leva um tapão. Cola na parede e depois desgruda. Segue fungando até uma viatura. Vai atrás e algemada.

Outubro.1970 – 00:45hs – Não venha querer se consolar / Que agora não dá mais pé / Nem nunca mais vai dar. Carlos implorou, não queria mais aquela vida. Ira voltar para Piracicaba e se formar em agronomia. Trabalharia na fazendo do pai em Pedregulho e nunca mais queria saber de política. Se precisasse até iria casar com uma mulher e parar com as viadagens. A voz rouca de Darcy lamentou: nada adiantava. Dali não sairia. Não iria mudar. Carlos jurou que sim. Darcy jurou que não. Carlos respirou fundo e pediu um beijo do torturador. Um beijo na boca. Um beijo de homem macho antes de morrer. Darcy sorriu, tirou os óculos e beijou profundamente. Ternamente. Amorosamente. Depois disse que não era homem com um par de olhos verdes com grandes aros azuis.

Agosto.1954 – 3:18hs Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história. A menina vem andando calmamente, baixinha, sorri e joga uma arma fumegante no peito do Alcino e some. Vem o taxi com o Climério. Fez? Fiz, mas não acertei o Corvo. Vamos então. Tu vai se explicar com o Seu Gregório! Alcino nada conta. Fica pensando apenas nos aros azuis e fundo verde da menina atiradora.

Julho.2013 – 0:50hs Direita? Esquerda? Eu quero é ir pra frente! Depois de muito rodarem e muito chacoalhadas. Na Santa Cecília, a sargento tira as algemas e mandaa menina para frente da viatura. Luiza Paula chega na Alameda Barros, no edíficio que mora a avó. A melhor visão que tem é a Volú na entrada: Agasalhada e sorridente. Sobe minha filha. Luiza Paula vê a avó a agradecer a sargento, que faz uma ligeira continência. Fiz pavê, gosta? Quem gosta é o meu pai, Volú, mas tô famita. Eu sei, disse a Luiza com seus olhos verdes de aros azuis.

Anúncios

2 comentários sobre “17. Escalada

Por gentileza: comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s